Escapadelas: do Cabo da Roca à Praia da Adraga

Um passeio caseiro, mas tão agradável. Excelentes paisagens para fotografar.

Eu e o meu sobrinho mais velho, de câmara às costas, começámos pelo Cabo da Roca – Sintra, cheio de turistas, mas pouco vento, um dia lindo com a Ericeira ao longe, e acabámos na Praia da Adraga – Almoçageme. Saímos da praia às 8 horas da noite.

Que dia bom! Boa companhia! E um pôr do sol fantástico!

Alentejo

Barragem do Alqueva, como um navio

Apercebi-me de repente que não escrevo no meu blogue há seis meses! Dizem os peritos, nestas matérias, que não se deve estar tanto tempo sem se “alimentar” as páginas de um blogue, porque os Seguidores desinteressam-se.

Assim como assim, não tenho tantos Seguidores como assim, e os que tenho certamente  compreenderão que o tempo é terrível, quando não se tem.

Mas tenho pena. Gostava de poder ter sempre tempo para publicar as minhas fotos e partilhar os meus pensamentos.

Mas o que lá vai, lá vai, como diz a canção.

Falemos do Alentejo.

O nosso profundo e maravilhoso Alentejo.

A seguir ao Natal fomos passar os dias até ao fim do ano na Amieira. Alugámos uma casinha no empreendimento Aldeia do Lago, imperdível, e lá fomos nós, com um tempo excecional.

Visitámos o que parece agora se chama Alentejo central. Peço desculpa pela minha ignorância, mas só me lembro do Alto e Baixo Alentejo, mas parece-me bem.

Estremoz, Reguengos, Vila Viçosa, Mourão, Portel e a Barragem do Alqueva e muitas mais aldeias maravilhosas. Conservadas, genuínas. Soberba gastronomia! Engordei três quilos!

E prova de vinhos, por todo o lado! Nós visitámos a Ervideira e o Esporão. Adorámos a prova de vinhos na Ervideira, e os vinhos. Toscânia para quê?!

É o paraíso na terra! Acreditem.0802-2019-0437990142778172380970.jpeg

0802-2019-0404611142804792377489.jpeg Barragem do Alqueva

0802-2019-0456610142796791786264.jpeg0802-2019-0451599142791781197652.jpeg0802-2019-0403165142803347178298.jpeg

0802-2019-0407632142807813782602.jpeg Estremoz

Aldeia da Luz…a Aldeia perdida…

Escaroupim – Escapadelas

A cerca de 7 Km de Salvaterra de Magos e a  cerca de 70 km de Lisboa situa-se a aldeia de Escaroupim.

Escaroupim é uma típica aldeia piscatória, formada em meados dos anos 30. Alves Redol chamou “nómadas do rio” a estas famílias que durante os meses de inverno se deslocavam de Vieira de Leiria para o rio Tejo, para as campanhas de pesca de inverno, regressando no verão à sua terra natal, para pescar no mar.

Os passeios de barco são encantadores, e para quem gosta de observar aves é uma boa opção.

Os Mouchões do Tejo são um local ótimo para observação destas criaturas. A ilha das Graças um santuário de penas!

Em Escaroupim temos o museu numa antiga escola primária. Um exemplo de como se pode aproveitar estas edificações e dignificar estas pequenas povoações dando-lhes a importância que merecem.

E depois temos o restaurante com o mesmo nome da terra. Só experimentando!

Evoa – Escapadelas


O Espaço de Visitação e Observação de Aves – Evoa – na lezíria do estuário do Tejo é um paraíso para os amantes de aves e fotografia.

A entrada não é barata, mas vale a pena de vez em quando passar por lá.

É uma das 10 zonas húmidas mais importantes da Europa por onde passam as aves aquáticas migradoras.

Estive lá com os meus sobrinhos e viemos encantados com tudo. Mas é preciso muita paciência para esperar pelo melhores momento para fotografar nos abrigos próprios para observação.IMG_5601

IMG_5537
Petinha-dos -Prados

IMG_5621
Garça-real-comum

IMG_5646-2
Garça vermelha

IMG_5640

IMG_5665
Fura -bucho-das-baleares

IMG_5685
Águia sapaeira

IMG_5730

Montemor-o-Novo – Escapadelas

Mais uma escapadela. Ir a Montemor almoçar e ver um pouco do Alentejo que nesta altura está verde e cheio de florzinhas que lhe dão uns matizes lindos.

1 de Maio não é a melhor altura para se ir ao Alentejo. Está tudo fechado. Dia do trabalhador! Mas descobrimos um restaurante aberto. Fica por cima das piscinas Municipais e chama-se A6.  Comida muito boa! Migas de espargos e naco de vitela grelhado. Vale a pena.

20180501_135953

A6 para além do nome do restaurante é a autoestrada que nos leva a Espanha, passando por Évora e primeiro Montemor-o-Novo. Fica tão perto de Lisboa!