Açores – Terceira

Na continuação da minha viagem saudosista ao Açores, em tempos de pandemia Covid 19, fica aqui a informação de que o Governo Regional da Região Autónoma dos Açores, decretou que quem quiser visitar este arquipélago tem cumprir umas das 3 opções:

1- Ser portador de um exame com resultado negativo para Covid 19, ou

2 – Fazer o teste à chegada ao arquipélago e esperar pelo resultado num dos hotéis designado pelas autoridades, ou

3 – Proceder à auto quarentena.

Parece-me ser bastante flexível estas regras, espero que o resto do país as adote.

A Ilha da Terceira é uma das nove ilhas do arquipélago e pertence ao grupo central , onde se encontram também Pico, Faial, S. Jorge e Graciosa.

As nove ilhas são vulcânicas e o Pico é o ponte mais alto de Portugal com 2351 metros.

A Terceira, é uma ilha muito amena, muito agrícola. Muito misteriosa, com a suas fumarolas e no seu interior com bosques, para mim, encantados. A capital desta ilha, Angra do heroísmo, é Património da Unesco.

Perto da Praia da Vitória, fica a base aérea das Lages, onde em tempos albergava uma grande comunidade de militares americanos e onde trabalhavam muitos Terceirenses. Entretanto por volta de 2012, muito militares americanos partiram e o movimento já não é o mesmo. Foi aqui, há uns anos atrás, que eu comprei e comi pela primeira vez as bolachas Oreo. Não havia cá fora.

Angra do Heroísmo

Monte Brasil

A Fortaleza

A baía ao entardecer

Praia da Vitória e a casa Museu de Vitorino Nemésio, escritor açoriano que escreveu Mau tempo no canal

As touradas à corda

Os Impérios

Os Impérios do Divino Espírito Santo Uma das mais típicas manifestações da arquitetura popular nos Açores que acompanham os açorianos para todos os lugares onde a emigração os levou. Na Terceira, encontra-se a maior expressividade desta tradição. As festas do Espírito Santo começam no domingo imediatamente a seguir à Páscoa, tendo como ponto alto o domingo de Pentecostes e o da Trindade.

Algar do Carvão,  na freguesia do Porto Judeu

Paisagem

Trilho dos Mistérios Negros. O mais incrível e misterioso percurso pedestre que fiz até aqui.

A Alcatra de vaca. Não tenho palavras para descrever esta delicia da culinária da ilha.

Zona Balnear dos Biscoitos. Tem este nome, porque a lava ao chegar ao mar e arrefecer adquiriu formas que lembram biscoitos.

Um pensamento em “Açores – Terceira”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.