Lisboa-Praga-Sardenha-Bohemia-Lisboa – Sardinie –

As férias são sempre, quando correm bem, um lenitivo para o nosso stress. Então, se temos tempo para descansar e dormir muito, não há nada melhor.

O título deste artigo dá a entender que há muita atividade para um único período de férias. Mas não.

Por questões familiares fomos primeiro a Praga e depois partimos para Badesi na costa noroeste da Sardenha onde ficámos duas semanas numa casa que alugámos e voltámos a Praga, para seguirmos para as margens do rio Berounka, onde passámos cinco dias.

Uma vez mais encontrámos casa através do booking.com e a viagem para o aeroporto de Olbia,  na costa nordeste da Sardenha, a partir de Praga, não chega a durar duas horas. Reservámos carro através do rent-a-car Noliggiare. Não aconselho esta agência. No fim, quando entregámos o carro, fizeram-nos pagar por uns arranhões que o carro tinha no guarda-lamas por baixo. Não foi simpático.

Os Sardos, como chamam a eles próprios, basicamente não falam inglês. Eu lá me entendia com eles pela proximidade da língua com o português. Mas para uma pessoa não latina, é difícil a comunicação.

Levámos uma semana a despejar o nosso lixo doméstico nos contentores dos vizinhos. Ao fim de uma semana, apareceu-nos uma jovem Sarda que nos explicou, via google translator, que o lixo à porta de cada um é privado e que nós não podíamos colocar o nosso lá. Se o lixo não estivesse bem acondicionado, poderiam ter que pagar multas. Esta situação provocou-me dois estados de alma: um de satisfação porque as Autoridades estavam a controlar este assunto e outro de irritação, porque deviam ter nos informado do que fazer. Após perguntarmos e procurarmos, não encontrámos contentores públicos. Decidimos separar e guardar em sacos muito bem fechado e e deixar em casa para que o levassem quando saíssemos.

Os Sardos são loucos a conduzir. Conduzem no meio das estradas. Podemos sempre encontrar um no meio de uma curva . E colados ao carro da frente. Mas na verdade, nunca vimos nenhum acidente.

Apontadas estas coisas menos simpáticas, é necessário sublinhar que adorámos a Sardenha. É uma ilha linda, fértil, com muita agricultura e vinhas. Um vinho delicioso, o Vermentino para o branco e o Cannonau para o tinto, um povo muito simpático, sempre muito hospitaleiro, umas praias fabulosas com uma àgua a rondar os 23 graus. Paisagens lindas, uma geologia fabulosa e história…que falarei mais para a frente.

Agora vou começar a mostrar as  borboletas, milheireiro, flores das dunas e opúncias com figos, que por lá fotografei.

wp-image-1350730847wp-image-970626063wp-image-1409822920wp-image-1871402032wp-image-849552142wp-image-694327585

 

Um pensamento em “Lisboa-Praga-Sardenha-Bohemia-Lisboa – Sardinie –”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.