Dinamarca – Copenhaga – dia 17

Ontem quando atravessámos o Parque, Frederiksberg Gardens, para irmos para o centro, descobrimos que havia um Jardim Zoológio, onde havia um Panda. Parece que é um sistema de intercâmbio entre Zoos para darem a conhecer esta espécie. O meu marido ficou muito entusiasmado para ir ver o Panda. Eu pensei que era uma oportunidade de fotografar animais.

Lá fomos nós. O Panda estava a dormir e assim ficou o tempo todo, longe e pouco pudemos ver! Desilusão. Também achámos que este jardim Zoológico merecia uma renovação, está um pouco decadente.

Os ursos polares mostravam estar stressados. Estava um calor incrível, não lhes devia dar muita saúde.

Fomos almoçar a casa, porque era perto e depois de almoço fomos ver a pequena sereia. Apanhámos um autocarro e atravessámos Copenhaga para Este. Uma Senhora muito simpatica percebeu que eramos estrangeiros e acompanhou-nos quase até ao local.

Antes de chegarmos ao Kastellet, perto de onde a pequena sereia está instalada, atravessámos um complexo antigo de casas junto ao antigo porto de onde partiam os barcos para a América com imigrantes, explicou-nos a simpática Senhora dinamarquesa. E visitámos as esculturas abstratas que retratam Adão, Eva, Maria Madalena, Cristo, o Homem Grávido e a Pequena Sereia Geneticamente Modificada, de Bjorn Norgaard. É impressionante!

Voltámos a pé até ao centro da cidade, para observar e sentir o ambiente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.